FRENTE RIBEIRINHA, CAMPO DA AGONIA E PRAÇA DA LIBERDADE
 
 
Em relação ao Projeto desenvolvido para a Frente Ribeirinha Campo da Agonia e Praça da Liberdade poder-se-á dizer que um dos principais aspetos a estudar foi a forte relação que todo o espaço estabelece com a cidade e com o rio e na ponderação das atividades humanas, e nas relações ecológicas e culturais presentes entre a terra e o mar, entre o natural e o urbano.
Este local tem vindo progressivamente a ser a zona preferencial de recreio da população, pelo que houve a preocupação de criar espaços muito amplos que permitam às pessoas circular ao longo de toda a faixa marginal numa situação de alternância entre verde permeável e espaço construído, havendo sempre equipamentos que permitem desenvolver diferentes tipos de atividades.
A matriz conceptual consiste sempre na associação de espaços relvados, amplos, pontuados de árvores, definindo diferentes subáreas onde cabem elementos de valor cultural, histórico, religioso, desportivo ou, simplesmente lúdico/recreativo.

Promotor:
Vianapolis

Local:
Viana do Castelo, Portugal

Área:
8.4ha
  Coordenação e projeto:
Laura Costa; Renata Amaral

Colaboração no projeto:
Sérgio Pinto

Arquitetura:
Adalberto Dias - arquiteto (Frente Ribeirinha e Campo da Agonia), F. Távora e J. B. Távora Arquitectos, Lda. (Praça da Liberdade)
  Data de projeto:
2003-2005

Data de conclusão da obra:
Em construção
 
 
2013, Laura Roldão Costa - Arquitetura Paisagista
Início | Contactos