PLANO DE PORMENOR - KILAMBA KIAXI
 
 
A proposta realizada resulta da avaliação das condicionantes e potencialidades do local, da natureza e características do edificado, da necessidade de enquadramento visual, amenidade ambiental e ecológica da área de intervenção e da relação do espaço com a envolvente.
Os principais objetivos a alcançar podem ser resumidos em: a) organização dos espaços exteriores no sentido de maximizar as áreas destinadas ao recreio no exterior (passivo e ativo) e de circulação pedonal; b) constituição de espaços capazes de criarem bacias visuais com elevado valor cénico atendendo às vistas obtidas a partir dos edifícios e das principais zonas de circulação pedonal; c) utilização da vegetação como elementos de elevado valor ornamental capaz de requalificar o espaço e de definir zonas com características específicas – definição do lugar; d) definição de um desenho onde a colocação dos materiais inertes e vegetais têm em consideração a luminosidade, a incidência de radiação solar direta, os ventos e as vistas para a envolvente; e) associar um jardim a cada edifício de forma a haver melhor e maior relacionamento do exterior com o interior – relação do tipo quarteirão; f) recuperar o conceito de jardim público criando-se condições para a estadia; g) requalificar as margens da linha de água/rio permitindo em simultâneo a contenção das águas quando em situação de inundação e o lazer em condições regulares; h) forte aposta na alternativa que pode ser dada pela ciclovia e linha de Metro urbano de superfície como meios alternativos de circulação; i) grande preocupação na utilização de soluções integradas que envolvam a arquitetura, arquitetura paisagista e as engenharias que visem a proteção do ambiente, nomeadamente nas áreas da conservação dos recursos naturais e na redução dos consumos energéticos.
A proposta que se apresenta assenta num desenho de fácil leitura que teve em atenção a área de implantação dos edifícios e arruamentos, havendo uma forte relação entre alçados, topografia do terreno e os diferentes usos que se pretendem para cada espaço.
Em função dos aspetos referidos, os espaços exteriores foram organizados nas seguintes tipologias:
- jardins de quarteirão;
- jardim naturalizado adjacente ao rio;
- jardins de integração ao Hotel;
- jardim da escola;
- passeio público;
- praças, largos e passeios de circulação pedonal.

Promotor:
Governo da Província de Luanda

Local:
Kilamba Kiaxi, Luanda
  Área:
9.4ha

Coordenação e projeto:
Laura Costa, Raquel Frias
  Arquitetura:
Grupo 3 - Arquitectos Associados, Lda

Data de projeto:
2008
 
 
2013, Laura Roldão Costa - Arquitetura Paisagista
Início | Contactos